• "Alguns dos filhos já morreram e o rádio ainda está presente na vida da família. Todos os dias sintoniza o programa do Ely Correia na Rádio América para ouvir o programa 'Que Saudade de Você'." por Elaine Grava (O texto acima foi elaborado a partir de alguns relatos que nos foram dados por Francisca, viúva de João, documentado presente em Terra de Deitados, projeto da Cia.Teatro Doc).

  • "As coisas não são, é nosso olhar que faz delas algo cheio de significado (…)" (SOLER, 2010, p.71.)

  • "O teatro documentário está ligado à ideia de um teatro como ‘espaço de informação alternativa’ no mundo submerso por informações no qual nós vivemos, e que pode organizá-las, pensá-las pelo viés do sensível, valendo-se de toda a prática teatral dos séculos precedentes, das culturas populares ou estrangeiras. Ele apresenta também formas muito diversas, facetas múltiplas" (PICON-VALLIN, 2011, p. 1).

  • "Do ponto de vista artístico, documentar é lidar com essa efemeridade como matéria, e fazer dela uma forma de intervenção. O material documentado ganha, com isso, substância e relevo que o conecta, em sua minudência cotidiana, a uma totalidade histórica latente, a uma tessitura de classes em confronto, de processos históricos e culturais mais amplos e de lutas coletivas." (BETTI, M. Silvia em Prefácio de Encontros e Perdas (...) Cia Teatro Doc, Ed. Design, 2014).

A Cia. Teatro Documentário agradece esse encontro! Nós acreditamos que documentar é estabelecer interações! Sem interlocutores nossas ações não fariam sentido! Esse espaço de diálogo tem o apoio da Lei de Fomento ao Teatro para a Cidade de São Paulo. Disponibilizamos um menu com alguns indicadores do que encontrarão no espaço. A casa é nossa! Por favor, entre e fique a vontade para percorrer seus próprios caminhos. Permaneceremos por aqui. Qualquer necessidade sobre os projetos da Cia Teatro Documentário, favor acessar nossos contatos.

Cia. Teatro Documentário

Companhia Teatro Documentário é composta por um núcleo de artistas e teatro-educadores interessados em pesquisar experiências, nas quais o teatro documentário em termos práticos e teóricos dialogue com o desejo de produzir discursos e significados cênicos.

Formada em 2006, a Companhia Teatro Documentário busca unir procedimentos artísticos a ações sociais. Sua trajetória recente tem sido marcada por produções que investigam as questões que habitam o universo da memória nas relações do homem com a cidade. Recentemente, realizou, em 2016, o projeto Terra dos Deitados com o apoio da Lei Municipal de Fomento ao Teatro para a cidade de São Paulo.

Teatro Doc. Informa

10/07/2018

Compartilhamento de Ações Artísticas

Sintam-se convidados para a terceira atividade de nossa ação em parceria com a Companhia Antropofágica

Mais Detalhes...

Descubra
x

Uma escrita documental: Cia teatro documentário em Encontros e perdas nas casas, ruas da cidade de São Paulo

Saiba mais...

Projetos

Integrantes da Cia


Ator mediador documental. Atua na recepção da cena documental em interferências, oficinas e encenações da Cia. Teatro Documentário. Integra a equipe de Concepção e organização dos Encontros Documentais realizados na sede da Cia. Teatro Documentário.

Alessandro Fritzen Produtor Produtor, ator, licenciado em Teatro pela Faculdade Paulista de Artes (FPA), formado técnico em eventos pela Escola Técnica de São Paulo (ETESP) e bacharelando em Comunicação Social – Publicidade e Propaganda pela Universidade Anhembi Morumbi. Desde 2016 faz parte da Cia. Teatro Documentário, administrando as ações do grupo relativas à produção. Participou … Continue lendo Alessandro Fritzen

Provocadora das ações cênicas e pedagógicas da Cia. Teatro Doc. Mestre em Artes Cênicas pela ECA/USP. Professora, diretora, mediadora e parecerista teatral, coordenou a publicação “Uma escrita documental: Cia. Teatro Documentário(…)” e publicou o livro Formação de atores: Um estudo sobre o ver e o ser visto.

Atriz- documentarista dos projetos da Cia. Teatro Doc.,atuou ainda em Cinema, TV e Publicidade. Licenciada em artes cênicas, ministra aulas de Interpretação e Montagem Teatral, dirigindo uma série de encenações, entre elas: Aqui Não . Sobre a Necessidade de enterrar os Mortos, no Cemitério do Araçá.

Artista mediadora da cena documental, atua em interferências, oficinas e encenações da Cia. Teatro Documentário. Integra a equipe de Concepção e organização dos Encontros Documentais realizados na sede da Cia. Teatro Documentário. Atuou em diversas peças e trabalhos em TV e Publicidade.

Foi atriz- documentarista, produzindo ainda na áreas da locução comercial, na escrita, no ensino e na direção teatral. Atuante no Pretérito Imperfeito dos projetos da Cia. Teatro Doc. ,permanece inspirando nosso presente.

Ator- documentarista,mestre em pedagogia teatral (ECA/USP) tem atuado ainda como encenador realizando diversos espetáculos cênicos documentais, entre eles:O Sustento da Saudade. Documentário Cênico sobre o Cemitério da Quarta Parada.

Atriz- documentarista convidada, é professora de arte. Sua experiência inclui a atuação em diversos coletivos teatrais e projetos independentes

Artista mediadora da cena documental, é ainda educadora sócio- educativa nas linguagens de teatro e da dança.

Fundador e coordenador dos projetos da Cia. Teatro Doc. é ainda encenador e dramaturgo. Doutor e mestre em artes cênicas pela ECA/USP; ministra aulas no Departamento de Artes Cênicas (ECA/USP) na área da Pedagogia Teatral , na Faculdade Cásper Líbero e FPA (entre outras instituições). Publicou “Quanto vale um cineasta brasileiro?” pela ed. Garçoni e pela ed. HUCITEC o livro Teatro Documentário: a pedagogia da não ficção, 2010.

Ator, graduado em Artes Cênicas pela Faculdade Paulista De Artes e formado em arte dramática pela Oficina de Atores Nilton Travesso. Integrante da Cia. Teatro Documentário, em 2008 atuou em Consumindo 68 peça que venceu o edital da mostra Utópicos e Rebeldes com parceria e incentivo do SESC-SP e Ministério da Cultura, com uma micro-temporada … Continue lendo Márcio Rossi